sábado, 21 de fevereiro de 2009

Parece que o grande argumento anti-Naiá vai ser essa acusação de racismo. Eu não acho que o BBB seja o campo ideal para esse tipo de discussão. Tinha feito um longo comentário sobre isso da outra vez, quando a Ju Sampaio me acusou de preconceito de idade e eu concordei com o que ela disse. É difícil exigir um comportamento politicamente correto quando você está invadindo 24 horas por dia a privacidade dessas pessoas. Você já está corrompendo um valor grave só por assistir esse programa. Mas tudo bem, não é como se fosse errado assistir. Mas daí se você vai colocar um discuro politicamente correto para votar contra X ou Y já acho meio contraditório. Ao dar a espiadinha com o Bial você já está comprometido. Exigir um resgate de valores, valores esse que você próprio está agredindo, é um paradoxo.

O que não quer dizer que a Naiá não tenha feito um comentário racista e outro semita em dois momentos distintos desse programa. Mas, sejamos francos. Você está REALMENTE ofendido por esses comentários? Se estiver, eis uma saída. Pare de ver o programa. Pare de comprar os produtos que financiam este programa. Reclame com o ministério público. Reclame com a Globo. Mas, diante de todas essas alternativas, a sua solução pura e simples seja votar contra esse participante, acho confuso. Você continua apoiando um programa que veicula esse tipo de mensagem. Quando você vota ou a favor de um participante, você está apoiando este programa de qualquer forma. Um programa que, antes mesmo de Naiá, já é racista por incluir uma "cota" pejorativa para participantes negros que não condiz com a porcentagem negra na população brasileira. Um programa que, antes mesmo de Naiá, já veiculava um conteúdo machista e homofóbico. Então se é para se revoltar, vamos nos revoltar direito e agir de acordo com o que defendemos.

Pouco tempo depois desses comentários, Naiá foi para o paredão e conseguiu voltar. Dentro da casa, existe a impressão de que os participantes vão para o paredão para serem julgados de seus atos. Se inocentes, continuam no programa. Se culpados, saem da casa. Prefiro pensar que naquele momento, a acusação de racismo não virou um argumento contra ou a favor. Porque aí eu sou obrigado a reconhecer uma triste verdade: os telespectadores do programa relativizaram o racismo. Um "racista" está numa escala de preferência acima daquele outro eliminado. Prefiro acreditar que não. Racismo é um valor negativo absoluto em qualquer situação. Assim como homofobia, assim como anti-semitismo. De novo, não acho que o BBB seja o programa ideal para a discussão de que pensamentos negativos da sociedade me agridem mais. Racismo é errado, independente de eu ser a favor ou contra um participante. Se sou contra ou a favor de um participante, me posiciono sobre as características que aquela pessoa apresenta. Mas um voto contra a Naiá não é um voto contra o racismo. Em primeiro lugar, o racismo é um valor negativo absoluto em qualquer situação, de forma tal que nem entro nos méritos se ele é condenável ou não. Em segundo lugar, se voto contra Naiá, ainda estou apoiando um sistema que permitiu que esse comentário racista. Não sou nenhum cavaleiro branco salvando a humanidade ao votar no BBB. Não sou tão demagogo assim.

Voltando a Naiá. Sim, ela fez um comentário racista e anti-semita. Não concordo com os dois. A edição não chegou a veicular oficialmente em TV aberta o do "alma branca". O da "falta de fé" recebeu um comentário sarcástico do Bial. Não acho que tenha sido o bastante. Não sei se cobraria do Bial uma repreensão. Ou se cobraria dos outros participantes, que naquele momento foram omissos e não apontaram o erro. Reconheço também que Naiá, apesar dos comentários, conviveu pacificamente na casa com um homem negro e com um homem judeu*. Inclusive se aproximou desse último com seus conselhos nos últimos momentos da casa deste. Não generalizaria que ela é racista ou anti-semita. Nem sei se teria coragem, mas o ideal era que, se fosse um dos que estivesse com ela no momento dos comentários, chamasse sua atenção para a negatividade de suas palavras. Mas não a julgaria, porque esse julgamento fútil é que dá origem ao preconceito em primeiro lugar.

* Eis a grande e essencial diferença entre o que a Naiá fez e o que o André fez, e o porquê de eu não tolerar as atitudes do último. Ok, não vou comparar, por que aí eu vou relativizar o machismo.

(NÃO é uma defesa da Naiá! Vocês têm todos os motivos para votar na mulher. Mas a questão racial é bem mais complexa que o BBB. Povo já tá comparando um participante de reality show com Hitler. Pior caso da aplicação da lei de Godwin que eu já vi.)

57 comentários:

A Rebelde disse...

"Thales"

Eu acho, sim, que a Naiá é racista e anti-semita. Fiquei revoltada quando ela fez tais comentários. Passei um bom tempo dizendo que queria MUITO que ela saísse. Até que meu marido me perguntou:

- Por que tanta raiva dessa Naná?

- Por causa dos comentários preconceituosos dela, ora, eu não vou perdoá-la NUNCA!!!!!!!!!!

- Então como você pode ser amiga da "fulana"?

- ??? Bem, mas a "fulana" nunca disse isso, quer dizer...

- Não com essas palavras... mas ela pensa diferente da Naná?

- !?!?

- E as piadinhas do "fulano"? E minha mãe? E a sua? E tantas pessoas que conhecemos? Você os perdoa só porque os conhece e gosta deles?

- (não respondi, ele tinha toda a razão..., pior, ele falava da vida real!)

Bem, isso é para dizer que concordo em TUDO sobre o seu post. Não quero que ela ganhe, assim como não gostaria que nenhuma dessas pessoas que conheço e que são iguais à ela ganhassem, ODEIO, sim, preconceito de qualquer tipo, mas deixei de querer tirá-la do programa por causa disso.

Enfim, não vou ficar me repetindo, pois já comentei no post da Mary o que penso sobre esse tal de André, mas quis comentar aqui para dizer que sim, você tem TODA a razão neste post!

Beijos

Leo Amato disse...

Um detalhe que esquecemos nos debates envolvendo os comentários de Naiá, é justamente sua idade. Todos nós sabemos dos preconceitos dos mais velhos, ora!, temos tios, avós e até pais que foram criados com PRÉconceitos.

É positivo ver o quanto a sociedade se transformou, através de nós, que detectamos o erro de Naia nos triste comentarios preconceituosos que ela fez nas primeiras semanas de BBB.

E é justamente neste fator, a idade, que pesa o erro desse cara que o Boninho colocou na casa. Ele é jovem, pai de 4 filhos e tem uma mentalidade incoerente com a realidade de quem tem 20/30 e poucos anos.

Além do mais, a Naia vem se transformando. No PPV, os dialogos dela com a Ana são bem mais divertidos de assistir do que os deslizes de sexualidade de MAX.

Por sinal, uma vegonha esse Max apoiar o Andre, provavelmente pelo colar do Anjo. Esse milhao nao pode ser dele.

Abs

Mary W. disse...

ai, nem quero falar sobre isso porque tenho medo q vire aula. mas o discurso intolerante dela não se traduz em atitudes intolerantes. daí já dá o q pensar antropologicamente. pq preconceito tem discurso e tem açao e ela nao tem açao. e aí tem isso aí da idade embora eu nao concorde com o comentario do leo. quanto ao negro de alma branca. nao é uma frase preconceituosa. é uma frase reveladora de um racismo "inconsciente" que existe na formaçao da identidade nacional. todos nós brasileiros, negros e brancos, vivemos e, hj, lutamos contra essa manifestaçao sutil. quem profere a fala, entretanto, pretende estar fazendo um elogio quando a profere. a antropologia desmascarou a fala. e ela é amplamente discutida. e paramos de proferi-la, mas ela nao deixa de ser constituinte. enfim. parei, desculpa. mas fica a impressao q "oh, naná veio estragar o grande baile da democracia racial".

Anônimo disse...

Não entendi. Mesmo... falou, falou e não disse nada. Afinal, vc não tiraria a Naiá pq ela foi preconceituosa e racista, isso eu entendi. Mas vc tiraria ela pq então? Me diz um dos motivos pra ela não ser a favorita do programa?

dan disse...

Na minha opinião não existe preconceito mais certo ou menos certo.

TODO e QUALQUER tipo de preconceito deve ser repudiado. Seja contra sexo, raça ou religião.

Esse pensamente de "ah, ela falou isso mas foi sem pensar", ou "ela falou mas melhorou muito de atitude" é que atrasa os que lutam contra esse tipo de coisa.

O pensamento de que BBB é só diversão burra é q o torna justamente um programa de diversão burra.

Pq não usar o SEGUNDO PROGRAMA DE TELEVISÃO MAIS ASSISTIDO DO BRASIL pra discutir mazelas sociais ?!?!?! Pq não condenar ou simpatizar com valores que ali são apresentados ?!?!?!

Eu sou obrigado a ser "inteligente" e não assistir o programa ou "burro" assistindo ?!?!? Não posso ser um inteligente que assiste ?!?!?

Eu sou católico, branco, classe média e homem. Portanto os comentários deles não me atingem diretamente. O q me atinge é a vergonha de ser BRASILEIRO como eles. É de ser do mesmo país de pessoas que AINDA HOJE tratam o preconceito como normal ou sem intenção (inclusive pela Net afora).

Mas dos dois a Naiá já teve UMA VIDA de chances de perceber o quão preconceituosa é. SE EU VOTASSE com certeza seria pra ela sair. Sem discussões e arrependimentos.

É triste saber que enquanto na Inglaterra uma participante foi EXPULSA de um Big Brother por ofensas racistas a outro participante, aqui a ofensa é esquecida e os crápulas endeusados.

E qt à idade...

Li em algum blog uma frase exatamente igual à que minha VÓ falou qd começou a perceber quem era Naiá...

"Gente má e preconceituosa também envelhece".

Torço sinceramente que tds as pessoas ofendidas por essa distinta senhora se juntem contra ela de forma civilizada, que é através desse voto. Sem se esconder, sem mudar de canal ou parar de assistir o programa.

E que na próxima semana seja a vez do André.

Luciana disse...

Você é confuso. Não e contra o racismo mas é contra o machismo?

O racismo da Naiá é "só" mais um motivo pra que ela seja eliminada.

O povo a deixou na casa porque, convenhamos, a Globo não passou isso na edição. Se tivesse passado, certeza que ela não sairia. Você sabe disso.

Não vejo UM só motivo, mesmo se eu tirar esse lado infeliz dela, que me permita deixá-la na casa.

Enfim. Falou um monte e não falou nada.

FORA NAIÁ!

Mary W. disse...

dan. nao li seu comment inteiro pq nao aguento. parei quando percebi q vc nao está COMENTANDO. vc está POSTANDO. finge q está dialogando com o post e com os demais mas está falando sozinho. uma opiniao q vc provavelmente julga genial e acima de criticas e apresenta sempre q o assunto vem a tona. INDEPENDENTEMENTE do q está sendo falado.

Mary W. disse...

thales. antes q esse povo te confunda. seu post tá perfeito.

Anônimo disse...

Adorei o blog de vcs! Concrod a respeito do André enaná! Minhas versões sobreo BB estõ em:
http://comentebbb.blogspot.com/

Lídia disse...

Perfeito mesmo.

dan disse...

Muito pelo contrário Mary.

Aceito todo e qlqr tipo de discussão saudável.

Se vc tivesse lido e entendido perceberia que o começo foi justamente COMENTANDO o fato de no post haver uma distinção entre as atitudes da Naiá e do André.

Até por isso comecei com "na minha opinião".

Normalmente nem faço comentários assim, e não os julgo geniais.

Só imaginei que com um POST grande, não se incomodariam com um COMENTÁRIO grande. Me enganei.

E referente a esse assunto é a segunda vez que eu comento. A outra, se não me engano, foi no blog da Scully em um post também defendendo a Naiá.

Sinto que vc não tenha lido. Espero que as outras pessoas que venham comentar tenham mais abertura...e paciência.

Ps: Grande de novo né !?!?!?

dan disse...

"Eu não acho que o BBB seja o campo ideal para esse tipo de discussão."

"Mas daí se você vai colocar um discuro politicamente correto para votar contra X ou Y já acho meio contraditório."

"...eis uma saída. Pare de ver o programa."

"Reconheço também que Naiá, apesar dos comentários, conviveu pacificamente na casa com um homem negro e com um homem judeu*."

"* Eis a grande e essencial diferença entre o que a Naiá fez e o que o André fez, e o porquê de eu não tolerar as atitudes do último."

^
^

Mary, partes retiradas do post, pra vc ter uma noção ao que me referia no meu coment.

Mary W. disse...

dan. o post NAO é sobre isso. é sobre a estrutura do programa ser exclusiva.

e vc escreveu o MESMO comment em outro blog??? oi???? entao vc nao está dialogando com o post né??? vc está mandando SPAM para o mundo.

Mary W. disse...

HAHHAHAHAHAHAHAHAHA. tirou a parte q vc diz q fez o MESMO comment na scully, né? é cada idiota q aparece.

dan disse...

Mary, Mary, Mary...

Vc pode discordar totalmente do meu coment. O blog é seu afinal.

Mas pelo menos leia-o e entenda.

"E REFERENTE A ESSE ASSUNTO é a segunda vez que eu comento."

Acho q vc consegue compreender que existem assuntos iguais, pensamentos iguais e coments diferentes né ?!?!

dan disse...

Tá ali o coment ainda.

Apesar de ter me xingado gratuitamente, tá ali ainda.

Lídia disse...

Eu fico só imaginando a cena de alguém salvando comentário pra copiar e colar mais tarde ...

Mary W. disse...

nao, dan. o post nao é sobre preconceito. é sobre o formato do programa.

dan disse...

É sério que vcs tão postando sem ler o q eu escrevi ?!?!?! oO

Achei q aqui aceitasse opinião contrário.

Eu comentei na Scully SOBRE ESSE ASSUNTO. Não foi o mesmo post, não foram as mesmas palavras.

E eu falei isso pra deixar claro que eu não considero que NÃO é "uma opiniao q vc provavelmente julga genial e acima de criticas e apresenta sempre q o assunto vem a tona." (como disse a Mary)

Mary W. disse...

ai, q garoto mala.

dan disse...

Na verdade Mary, como eu li o POST e TDS os coments, pra mim fala sobre o formato do programa, sobre decisão de quem assiste o programa e sobre preconceito.

Mary W. disse...

dan. pra quem só tem martelo, tudo vira prego.

dan disse...

Olha só...

Não tô comentando pra desrespeitar ngn e nem pra arrumar confusão.

Só dei uma opinião e uma visão, que foram tripudiadas.

Então se eu incomodei por me expressar (e tentar fazer isso da melhor forma possível), não comento mais.

Mas aí fica parecendo q o seu conceito de POST é como vc disse pra mim "falar sozinho".

Newton disse...

A(s) pessoa(s) escreve um post e não aceita ser criticada . Para que ter um blog, então ?

É para todo mundo acatar ? kkkkkkk


Eu mijo de rir dos posts querendo defender a Naiá .

Nenhum dos dois tem desculpa .
A Naiá está completamente errada; não é pq foi "criada com um cabresto" que eu sou obrigado a passar a mão na sua cabeça e dizer: " Foi sem pensar . ", " Ela é uma senhora . ", " Nossa . Como é legal essa velha falar palavrão . "
Sim . A Naiá é velha, e não é nenhum preconceito - ou pejorativo - chamá-la assim .

E falar que : " só pq ela " conviveu " com um negro e com um judeu ela deixa de ser preconceituosa " é uma PIADA . E de mal gosto .

Milhões de pessoas, das mais variadas ideoligas, convivem " pacificamente " com pessoas que desprezam . Isso não as desculpa de serem intelectualmente medíocres .

Ps : o Pacificamente só foi possível pq as pessoas ofendidas por suas ( Naiá ) palavras, não se rebaixaram . Por isso não houve confusão; e é claro, pq a Globo fez questão de " esquecer " da edição .

thales disse...

dan (e o os outros), você não entendeu o que escrevi, tanto que está comentando algumas coisas que eu nem levantei.

a idade da naiá é irrelevante aqui.

não chamei os telespectadores de burro.

bbb como espaço de discussão de valores é uma demagogia. então alguém aí é a favor do racismo?

eu acho sim que esse discurso "vou tirar a naiá especificamente porque ele é racista" é hipócrita porque está apoiando o sistema que perminitu a discriminação em primeiro lugar.

e repara no que foi exatamente o que ela falou.

o andré também é irrelevante.

thales disse...

sim, você pode voda contrar a naiá por que a odeia e odeia seu comentário, mas isto está longe de ser uma luta contra o preconceito.

dan disse...

Thales.

Obrigado por vir explicar EDUCADAMENTE e PACIFICAMENTE,
sem me chamar de idiota, mala, propagador de spams, "covarde" (por supostamente apagar um comentário que NÃO tinha sido apagado) etc, etc, etc...

Mas...

As partes que levei em consideração no seu post pra poder comentar eu destaquei aí em cima (em algum coment), pra salientar que havia LIDO o post.

E, obviamente, que o meu comentário não ficou preso só ao que vc postou (até pq eu não lembraria de tudo), mas levou em consideração TAMBÉM algumas outras opiniões que eu tenho a respeito do assunto. E TDS as pessoas que comentaram aqui assim o fizeram.

Leo Amato disse...

O pessoal aqui resolveu entrar no clima de briga da casa?

*
*

O que foi esse momento Priscila pede o Anjo para Milena?

thales disse...

"E falar que : " só pq ela " conviveu " com um negro e com um judeu ela deixa de ser preconceituosa " é uma PIADA . E de mal gosto ."

também não escrevi isso, nem concordo.

gra disse...

Prq Nana?! Para dar colo para Ana?! E prq Ana?! Só prq são a mesma pessoa com uma defasagem de 40 anos?!

Um blog tão racional como este....

E no embate André x Naiá, Viva André!!!!

Que mané preconceito?! Acha que o povo gado se liga nisto?!

Vani disse...

Desculpe, mas concordo com o Dan.

Muito bem lembrado sobre a expulsão da participante do BB da Inglaterra, acusada de preconceito. Até a Rainha recebeu a atriz que sofreu o preconceito em desagravo à vergonha que foi exposta. Aqui no Brasil, a galera acha que, coitadinha da Vovó Naná, tão maluquinha! foi há tanto tempo!que mal faz? Alguém se incomodou?

Isso não quer dizer que o André é uma santo. Muito pelo contrário. Os dois deveriam dar as mãos e pegar uma avião direto pra casa deles.

A Rebelde disse...

Gente, que barraco, ninguém entende nada do que o outro falou!

Naiá É racista, preconceituosa e blá, blá, blá. A questão é: "E daí?" E aqueles que dizem que você deveria ler um livro ao invés de ver BBB? Isso também não é preconceito? Quanto tempo foi preciso para que muitas pessoas admitam que assistem o programa?

Não é num BBB da vida que se discute um assunto como esse. Acho que foi isso que o Thales quis dizer. Porque isso não vai mudar a opinião de ninguém. E esse não é um argumento para votar nela. Pelo menos foi assim que entendi.

E também NÃO acho que Naiá e Ana são a mesma pessoa com uma defasagem de 40 anos! Acho que realmente a Ana "vê" a Naiá como uma avó ou como uma mãe, pela idade mesmo.

BBB para mim é pura diversão, é jogo, como o pôker, por exemplo, ou xadrez (que eu não sei jogar), vale blefar, só não vale roubar! E é isso que esse André está fazendo, já que entrou sabendo que o Max era popular. Naiá não roubou, pior, nem blefou, já que pensa assim mesmo.

Se eu quero que ela ganhe? Não, apesar de tudo que eu disse, não. Mas concordo com tudo o que o Thales escreveu no seu post.

E antes que me enforquem, tenho 53 anos, apesar de ser Rebelde na vida real!

Mas o que assistimos NÃO É A VIDA REAL, e eu sou Rebelde, apesar e mesmo tendo a idade que tenho. É da minha natureza!!!

Talvez até Rebelde sem causa, mas sempre Rebelde!!!

quérôu disse...

eu acho que o formato do programa é invadir a privacidade alheia e julgá-la. está errado? completamente, se tivermos uma "moral" de que não se invade a privacidade alheia e cada um faz o que quer dentro de quatro paredes.

agora, se essa premissa é válida (de fazer o que quiser entre quatro paredes), como é que se julga um marido que bate em mulher dentro de casa? ou um assassinato dentro de casa? porque, afinal, isso é problema deles entre quatro paredes.

isso era um ponto - meu argumento contra o "esta errado quem argumenta contra a naiá porque vê o programa".

segundo: eu não acho que naiá está sendo julgada por ser preconceituosa à diversos grupos da sociedade. naiá está sendo julgada por ser um tipo de pessoa "dois pesos e duas medidas". as outras pessoas, porque tem religião diferente da dela, são sem fé. as outras pessoas, porque são de cor diferente da dela, são piores. porque tem preferência sexual diferente do que ela acredita ser "o normal", são um ameaça à ela.

não queria usar a frase do cowboy, porque afinal o cara é bem xucro e tá fazendo um monte de merda. mas o que ele disse, se separado de sua pessoa, pode ser bem utilizado aqui: ela não pode pedir respeito se não se dá ao respeito.

ela mesma é quem fala sobre corrimento vaginal com direito a palavrões como puntuação de frase. ela é quem faz comentários sobre os outros participantes e depois vai lá, como se nada tivesse acontecido. e, pra mim, o pior: ela reclama quando mencionam o fator idade - quando a colocam "num pedestal" porque é velha - mas ela é a PRIMEIRA a jogar esse tópico no ar quando o bicho esquenta.

se eu for assim quando ficar mais velha, eu realmente não sei. eu realmente espero que não. pelo que eu vejo, sei que eu sou menos preconceituosa que ela em diversos aspectos, e sei que ainda peco em alguns que ela também peca. mas a intenção aqui é progredir, então espero que eu não seja que nem ela quando tiver meus sessenta e poucos anos.

pra mim, bbb é julgar a personalidade alheia. e a naiá, no meu bbb, tá em último lugar.

Cíntia disse...

Oi, Thales.

posso entrar?

já entrando no papo, vou votar para a nanaja sair porque ela é o resumo de tudo que transforma alguém em aversão, não acho a menor graça quando ela apita o defeito do outro para engrandecer a si mesmo, além é claro do seu preconceito exarcebado.

Tenho quase a mesma idade que ela e, a nossa geração abriu muitas portas para tentar mudar as cabeças sobre isso, lutamos de várias formas contra esses conceitos inseridos na nossa criação e eu me orgulho de ter passado a meus filhos uma visão de que nem tudo está perdido, sei que existem muitos jovens ainda com idéias preconceituosas, mas sei também que muitos da minha geração contribuíram para que hoje em dia, vocês possam analisar os participantes não só por sua bunda, sua cor ou credo.

Não sou de comentar aqui, apesar de ler diariamente vocês, hoje só quis deixar um adendo de uma idosa (ahahahahaha) contra a velhinha em questão - vergonha alheia é seu nome.

Um beijo.

Racchan disse...

Eita, esqueci de loggar no Blogger e não saiu o comentário. Eu sou uma porta mesmo!

Bem, resumindo o que eu lembro do comentário, não concordo com sua "defesa" da Naná, mas acho que muito pior são as insinuações machistas e homofóbicas que o BBB (só para se limitar ao BBB, que o que não faltaria na Globo seria exemplo) sempre deu são muito piores.

Podem até dizer que são dois pesos duas medidas, mas ainda dá para tentar reverter "focos de preconceito". Já essas "simples brincadeirinhas", como diria André, representam algo muito mais profundo: como a corrupção, o preconceito não está apenas no consciente, mas sim no inconsciente coletivo.

O preconceito real, e mais surpreendente, é aquele que passa em pequenos detalhes, de geração em geração.

No final da conta, saiu maior do que o outro comentário, sorry. De qualquer modo, é um blog bem legal, e as opiniões aqui, tanto nos posts quanto nos comentários são interessantes e geram boas discussões. Li pela primeira vez ontem, e vou estar acompanhando.

Jullyana disse...

Não vou entrar nessa discussão de formato de programa, é racista, anti-semita ou o que for...O voto dessa vez é super simples:

Ou fica um idiota que é um completo grosso, mau educado, sem noção e que pode causar um problema sério ali dentro ou fica a Naiá que vcs (odiadores oficiais dela) podem tirar em qualquer outra hora...

Não é a briga Naiá x André, é André x a casa toda!

Deixar ele ficar agora é dar razão a tudo que ruim que uma pessoa pode ser...

Odeio o André! E tudo o que ele diz e representa...

FORA ANDRÉ

disse...

a mary w não devia ter apagado o post da madrugada. tá perfeito. salve são protetor dos feeds.

Klein disse...

Gente, pessoal que escreve aqui no blog, entendam uma coisa: o dia que alguém efetivamente entender a essência de algum post nosso, o céu fecha e os 4 cavaleiros chegam. Nem adianta discutir, cheguei a essa conclusão: não tem um único post meu que alguém não demonstra que não entendeu o que eu realmente queria dizer e, ainda por cima, põe palavras na minha boca. O mesmo acontece com os posts de todo mundo, eu sempre vejo. Parabéns Thales, é muito bom o post mesmo...

Klein disse...

(Tipo aquilo ali, você tem que explicar para as pessoas que você não está defendendo a Naná... isso nem deveria ser necessário, você coloca isso porque já espera nego inventando onde não tem... isso tem me deixado TÃO puto... fazer esse blog é uma delícia, mas tem esse lado aí que enche o saco da gente...)

Lucila disse...

tem esse post perfeito do Thales e o comentário da Mary W. Cara, pq é tão difícil entender? Simples, é como numa discussão onde vc não ouve o outro até o fim e fica falando em cima da fala do outro. Ouvir é uma arte. Ler também. Tenho qse certeza que esse povo conforme lê já fica argumentando e se armando no decorrer da leitura hahaha

Ana disse...

Todo mundo tem algum preconceito. Quem não admite é hipócrita.
Ou vai dizer q ninguém nunca teve um conceito préformado sobre alguma coisa? Lógico q teve!!
Acho q é por isso q mtas pessoas odeiam a Naiá, pq no fundo sabem q são assim tb. Ou seja, humanos passíveis de falha. Se todos fossem perfeitos seriam santos e estariam no céu.
Então façam o favor de olharem mais pra dentro de si mesmos ao invés de só apontar as falhas nos outros.
E quanto ao André, não há como apoiar um cara q fala q mulher tem q ser puta do marido. Pelo menos ele conseguiu ser pior q o Newton. E sim merece ser eliminado com o maior placar de todos os paredões triplos do BBB até hj.
Pois quem apóia esse tipo de atitude, um ser idiota feito ele não pode reclamar da Naiá sendo preconceituosa. Ele é estúpido, não sabe respeitar ninguém. E ainda fala respeite pra ser respeitado, como se ele fosse mto respeitador.
Pra mim quem apóia esse tipo de atitude do cara é tão pior quanto ele e tão pior quanto qualquer tipo de preconceito.

disse...

SE pegassem todas as atitudes da NAIA e colocassem em uma pessoa de 25 anos, a história seria outra né.
Ela já teria sido votada inúmeras vezes pela casa.

Portanto, ELA SE esconde sim na sua idade.
Essa senhora é nojenta, de quinta categoria e falsa. Só tá lambendo a Ana, pq ela voltou de 3 paredões!!!

Maria disse...

Existe uma diferença enorme entre ser racista e praticar seu racismo.
Minha avó era racista, de falar em superioridade da família dela por não ter se misturado. De ser "pura".
Por diversas vezes ela falava disso na cara da empregada negra dela. Horrível, não? Mas ela amava a minha avó, e era recíproco.
Vovó lhe pagava um salário alto por que gostava da Ro (mais de mil, mais do que minha mãe recebia do colégio particular em que trabalhava), chegou a bancar viagens para as duas. E sempre a tratou com carinho.
Ela também nunca me rejeitou por ser filha de um negro. Ao contrário da minha avó paterna me ignorou por toda a vida.

Não gosto da Naná e apesar de ter falado da minha avó, essa do BBB nada me lembra a minha, mas não dá para ignorar que ambas foram criadas numa epoca e sociedade que não só aceitavam o racismo, o incentivavam.

Mr. Mandelbrot disse...

Simplesmente foi o post mais FODA sobre o assunto até agora, concordo com tudo. Absolutamente correto.
O povo fica procurando cabelo em ovo, aí acha mesmo.

Tudo em Segredo disse...

Primeiro porque é hipocrisia querer tirar a Naiá por causa de seus comentários racistas.Porque ela já tinhas feito esses comentários e mesmo assim venceu Nonô no paredão.Porque não tiraram ela daquela vez?Agora estão desenterrando a história do racismo,que souberam enterrar muito bem para poder chutar o velho tarado.BBB já é um programa de direita,racista,sempre com apenas 1 negro,que sempre se fode.Então porque assistir um programa de extrema-direta e racista?E discutir o racismo dentro de uma estrutura totalmente racista,que jamais dará margem para outro tipo de estrutura?BBB tá ai para manter a estrutura de sempre,a manutenção da ordem dominante,o poder que sempre foi macho e branco.Não vou tentar mundar o mundo pelo BBB.E a propósito:Fora Naiá,chata demais

Guigo Rocha disse...

Se eu concordo que a Naia seja racista? Sim, concordo. Assim como também partilho da idéia de que dentro do BBB não seja o melhor lugar para julgarmos atitudes como essa, afinal: como existir vilão e mocinho em um jogo em que os participantes já sabem as regras (e se chegam as vias de fato é mais por premeditação do que por burrice). Sejamos francos: o pensamento de Naiá faz parte de pelo menos 50% da população do país, mas como apareceu na televisão, daí é feio, daí não pode. Eu simpatizo com a Naná, não per ela ser idosa-racista-anti-semita...mas por ela parecer que ao longo das semanas desistiu de vestir a personagem "sou a velinha mãe de todos e excluída por isso".
Minha favorita é a Ana. Pelo simples fato de ser mimada, arrogante, prepotente, individualista...e mesmo assim conseguir um feito que NINGUEM da casa ainda conseguiu: demonstrar um senso de justiça em seus atos, e não só nas palavras. E devo confessar que pelo papo que ela teve com a Milena, com a cara mais meiga da edição.
Detesto Max (que o egocentrismo já ultrapassou a linha do humano), Francine (que desistiu de ser um Mix de Mari + Iris + Grazi) e Flávio (que conseguiu por a perder a imagem de bonzinho em uma jogada arriscada).
O resto pra mim é entretenimento barato, que desempenha seu papel na medida do possível.
No mais, gostaria de dizer que não me stresso com André. Na realidade até agradeço: por causa dele, Ana conseguiu mais uns pontos de popularidade. Só falta Ana, pra ganhar esse BBB, perdoar todos que votaram nela e convidar para assistir filme no quarto do líder. Aí ela mostra que é a mártir e leva o milhão. Vai lá, Ana Carolinda!!!!

Jeh disse...

A Naiá usa dos comentários preconceituosos dela para ofender as pessoas que não gosta, como ela fez com a tal mulher que tirou o marido da filha e com o Léo que ela tinha brigado. Não justifica, mas dá para mostrar a diferença dos comentários dela e dos ofensivos do André. Pra ele, todas as mulheres são putas, principalmente as do BBB. Pra Naiá os negros são inferiores, mas nem por isso ela se afastou ou inferiorizou o Alexandre, essa é a diferença. Nunca imaginei que fosse defender a Naiá, mas essa é a verdade.

Racchan disse...

Concordo também com o que o Guigo disse. Sei lá, sou fã mesmo da Ana. Nunca fui fã de ninguém no BBB, mas é diferente com ela, principalmente por identificação.

O que eu acho absurdo mesmo é ver o modo como o Rafi--Max é idolatrado por sua "beleza" e "estilo próprio". Porque estilo próprio é fazer careta em 95% do tempo, né? Até o Rafinha era mais bonito, ew.

Quanto à Francine, acho que ela não tem muita "culpa", até simpatizo com ela... Ela não está usando máscaras como outras pessoas aí. Não é como a Ana, que é toda sincera, e acaba se dando mal por isso, mas acho que é outro nível. Para mim, ela não tenta fingir para os outros, mas para si mesma.

Lucila disse...

ai ai.. não tem jeito mesmo já que o lance vai por ai então se preparem para a escolha de sofia: Naná X André.

Giovani disse...

Guigo, eu também queria entender pq as pessoas reclamam tanto do fato da Ana ser mimada e egoísta?

Quer dizer que pra ganhar BBB a pessoa tem que ter um nível de maturidade X imposto por uma opinião média que obviamente não está olhando pro seu próprio umbigo, né?

E nem parece que brasileiro (eu incluso) elege político principalmente pelo fator culto de personalidade. Se a gente não cobra isso em política, vai querer cobrar em BBB?

E é aquilo: preconceito mesmo é uma pessoa acreditar que ela não tem preconceitos.

andrea disse...

Quando vejo alguém defendendo esse tal de André, escalado por Boninho pra "botar fogo" na casa... Argh!

Nada que nenhum dos outros participantes tenha feita se compara à grosseria desse cara. Não dá nem pra discutir. Um só exemplo: Naná (pode ser uma cobra, pode ser uma bruxa, pode ser o que for, mas é um SER HUMANO) comenta: "Nem sei por que me botaram aqui..." Ele responde: "Foi por engano. Quando viram, vc já estava dentro e eles se perguntaram: o que essa MERDA, essa BOSTA, tá fazendo aí? Agora, vamos ter de deixar essa BOSTA, essa MERDA aí mesmo." Ele sublinhava bem as palavras merda e bosta. Era uma coisa altamente agressiva - e parece que o demente acha que isso é engraçado. Nunca, jamais vi uma agressão tão gratuita!

Pra quem não viu a cena acima descrita, sublinho que ela aconteceu muito antes da briga toda - e creio que tenha ajudado a detoná-la.

Só posso dizer que qualquer pessoa que defenda esse cara e a sua permanência no programa cai drasticamente no meu conceito. Não é como achar Max bacana, quando eu o acho arrogante e insuportável. Essa é uma questão de empatia e - vá lá - a gente tem de respeitar. Mas há coisas que são indefensáveis.

Giovani disse...

E meu deus, até quando alguém vai acreditar que alguém ali no BBB é sincero (quanto mais o tempo todo). Pra quê querer isso, pra quê?

Qualquer ator (no sentido de player, de dispositivo) em frente de uma camera é auto-consciente de sua situação. E autoficção é o que mais fazemos o tempo todo. Imagina numa casa como a do BBB.

Cleópatra disse...

Eu vou votar na Naia pq nao gosto dela.

E pq discutir a cândida alheia é uó.

Ana Carolina disse...

"pra quem só tem martelo, tudo vira prego" otimaaa!!!

gostei do post!!

as pessoas estao agindo como se tirando a naná tivessem exterminando o racismo do mundo.

vou votar para o andré sair..pena que a maioria nao ve oq ele faz..ja que nao da nem p passar na ediçao!!

Mios disse...

Naía não é o que é porque é racista, anti-semita ou homofobica, ela é o que é porque é Naía, uma ser humano, (será???), cheio de defeitos vis, isto é, durante todo o programa não mostrou uma qualidade sequer, seus comentários são maldosos, sarcásticos, desproporcionais, embutem segundas e terceiras intenções, é uma pessoa (sera???) que se compraz da maldade e dos defeitos humanos para tirar proveitos próprios e indecorosos contra os outros. Sua cabeça é perversa, nociva, maldosa, e não vi na convivência com os demais, absolutamente nada, nada, que pudesse valorar está pessoa com um tantinho, que seja, do nome “GENTE”, não na acepção da palavra, mas, no sentido que se emprega o termo, como qualidade de índole de uma pessoa, de personalidade correta, ética, daquele que tem por outrem sentimentos de humanidade, solidariedade, fraternidade, compaixão, amor, amizade, lealdade, nobreza, caráter, generosidade, cortesia, graciosidade, afabilidade e por ai vai.
Se você não viu, é uma pena, porque, o povo, de pouca idade, de mais idade, branco, preto, chinês, judeu, cristão, espírita, mulçumano, etc, etc, que está assistindo o BBB, está careca de saber e de se indignar com as atitudes desta Senhora, que apesar da idade, (que não é o problema, tão pouco a desculpa), e das qualidades negativas apontadas, respeito não se deu. Valendo transcrever algumas frases copiadas de um dos blogs que leio:
“A ambição do homem é tão grande que, para satisfazer uma vontade presente,não pensa no mal que daí a algum tempo pode resultar dela. (Maquiavel)” e
“A sabedoria não vem automaticamente com a idade. Nada vem exceto rugas. É verdade alguns vinho melhoram com o tempo. Mas apenas se as uvas eram boas em primeiro lugar. (Van Buren)”
O horror que esta pessoa está nos causando não é somente por causa dos preconceitos, mas, também, pela pobreza do seu interior.

Anônimo disse...

Mary W escreveu: "pq preconceito tem discurso e tem açao e ela nao tem açao."

Discursos podem ser tão ou mais prejudiciais que ações. Eles são a principal causa da perpetuação do preconceito atualmente, pois são mais tolerados que atos.

Despedir alguém por racismo pode te colocar na cadeia. Falar pra sua netinha de 6 anos como é feio e estranho Fulano X ter deixado uma mulher branca e rica por outra pobre e de cor provavelmente não vai. Mas a netinha vai lembrar que ser pobre e de cor = ser inferior pro resto da vida.

Desculpa, mas pra mim, não dá pra entender. Se o discurso de André é intolerável (concordo), o de Naiá também. Não vejo pq tolerar um é mais compreensível que tolerar o de outro.

Fala Sério- Xuxu disse...

Mary W, análise brilhante e certeira!

Ana acaba de confirmar que foi exatamente essa que você descrveu a razão da justificativa tão longa. Disse que pelo fato da edição ser curta, ela estava em dúvida que aquilo que a tinha incomodado tivesse sido exibido nas cenas editadas.

Aplausos, como sempre!

Beijo grande, Mary!